PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Abe diz que EUA e Japão começarão a negociar acordos comerciais

19/04/2018 00h44

Palm Beach, Estados Unidos, 19 Abr 2018 (AFP) - O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, anunciou nesta quarta-feira (18) que seu país e os Estados Unidos vão lançar discussões sobre "acordos comerciais" após a ofensiva sobre o tema iniciada pelo presidente Donald Trump, que o recebeu na Flórida.

"Concordamos em começar as negociações em favor de acordos comerciais livres, equitativos e recíprocos", declarou o chefe do governo japonês durante uma coletiva de imprensa em que compareceu com Trump. Os dois dirigentes mantiveram divergências sobre o tema.

No entanto, ambos os dirigentes não ocultaram que estão longe de um consenso. Enquanto o Japão quer que os americanos voltem ao Acordo Transpacífico de Livre Comércio (TPP), os Estados Unidos privilegiam um acordo bilateral.

"Eles estão interessados em um acordo bilateral (...). A postura de nosso país é de que o TPP é a melhor opção para ambos os países e sobre esta base que vamos discutir", disse o primeiro-ministro japonês.

"Não quero voltar ao TPP, mas farei isso se me oferecerem um acordo que eu não possa rejeitar em nome dos Estados Unidos", disse Donald Trump.

"Prefiro o bilateral. Acho que é o melhor para o nosso país. Acho que é melhor para nossos trabalhadores", acrescentou.

Trump afirmou que redução do déficit comercial americano é uma de suas prioridades e lançou várias ofensivas no comércio internacional.

Horas antes, em sua residência de Mar-a-Lago, Trump destacou que os japoneses "estão bem situados diante dos Estados Unidos, que têm um enorme déficit" comercial com o Japão, e propôs a Abe a venda de aviões comerciais e militares para equilibrar a balança.

"Foi um encontro verdadeiramente excitante para mim. Me encanta o mundo das finanças e o mundo da economia, e é provavelmente onde posso render mais", concluiu.