PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Governador venezuelano reclama que não há água para sua piscina

26/04/2018 14h06

Caracas, 26 Abr 2018 (AFP) - Parte do cotidiano de milhões de venezuelanos, os cortes de água, acabaram por irritar um governador chavista incomodado por não poder encher sua piscina, uma queixa que gerou indignação e ironias no país.

Rafael Lacava, governador do estado Carabobo (norte), na segunda-feira postou no Twitter um vídeo em que mostra, revoltado, a piscina de sua residência oficial vazia por causa da falta de água.

"Assim está a piscina da casa do governador. Não há água!", reclamou Lacava, de 49 anos, mais conhecido por seu plano de segurança batizado como "Carro de Drácula" que, segundo ele, reduziu os índices de criminalidade.

O funcionário ainda ameaçou a empresa pública que fornece água.

"Se amanhã à noite eu vir que não houve qualquer tipo de melhoria na distribuição, vai sair o Carro do Drácula. Estou avisando", alertou.

Os racionamentos de água atingem todo país, que possui algumas das maiores reservas hídricas do planeta, mas não conta com uma infraestrutura adequada, segundo especialistas.

A atitude de Lacava causou reações de revolta e ironia.

"Pobrezinho do Lacava, não tem água na piscina. Como a vida é cruel! E pensar que seis crianças morreram esta semana porque não tinham comida e quem sabe quantos venezuelanos morreram porque não têm remédios", tuitou Tamara Suju.

"Isso não pode acontecer em uma democracia! Exigimos que enviem água para a piscina de Lacava e um pato inflável", comentou outra usuária que se identifica como "Guerrera".

O governador Lacava costuma ser alvo de polêmicas por suas extravagâncias, como quando chegou montado em um burro para registrar sua candidatura em 2017 ou por sua política de segurança que inclui o tele-denúncias "0800Drácula".