PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Petróleo sobe, mas não evita forte queda semanal

13/07/2018 18h39

Nova York, 13 Jul 2018 (AFP) - Os preços do petróleo avançaram um pouco nesta sexta-feira, tentando, em vão, limitar a forte queda semanal, com as tensões comerciais e a retomada da produção na Líbia como plano de fundo.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em setembro fechou a 75,33 dólares no Intercontinental Exchange de Londres (ICE), alta de 88 centavos.

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril de "light sweet crude" (WTI) para entrega em agosto subiu 68 centavos, a 70,33 dólares.

Durante a semana, contudo, o preço do Brent caiu 2,62% e o do WTI 4,05%, em sua segunda semana consecutiva de queda.

"O mercado tentou recuperar na sexta-feira alguns de seus fortes prejuízos acumulados nesta semana", disse James Williams, da WTRG.

Na quarta-feira, o preço do Brent teve sua maior queda em dois anos e meio, em meio à escalada das tensões comerciais entre a China e os Estados Unidos e à reabertura dos campos petrolíferos líbios.

"Investidores pareceram reconsiderar neste fim de semana o impacto real da reabertura dos campos petrolíferos líbios depois de sua reação veemente na quarta-feira", apontou Williams.

bur-alb/Dt/faa/gv/lp/ll