PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Embraer tem perdas de R$ 467 milhões no segundo trimestre de 2018

31/07/2018 10h24

São Paulo, 31 Jul 2018 (AFP) - A Embraer, que em julho fechou um acordo que cederá o controle das atividades civis à americana Boeing, informou nesta terça-feira um prejuízo de R$ 467 milhões no segundo trimestre de 2018, enquanto que o mesmo período de 2017 registrou um lucro líquido de R$ 200,9 milhões.

Segundo o comunicado da terceira maior montadora de aviões do mundo, o Ebitda ajustado - lucro antes dos juros, impostos, desvalorizações e amortizações - foi de R$ 892,00 frente aos R$ 803,4 milhões no mesmo período do ano passado.

A receita líquida foi de R$ 4,533 bilhões, apresentando 20% de queda em relação ao segundo trimestre de 2107.

De acordo com a empresa, as receitas foram impactadas principalmente "em função de um menor número de entregas nos segmentos de Aviação Comercial e Executiva e uma queda significativa na receita do segmento de Defesa & Segurança", segundo o comunicado.

A Embraer entregou entre abril e junho 28 aeronaves comerciais e 20 executivas, volume inferior às 35 unidades comerciais e 24 executivas entregues no segundo trimestre de 2017.

Em 5 de julho a Boeing anunciou que assumirá o controle de 80% das atividades civis da Embraer, o que permitirá que a companhia americana possa competir com a europeia Airbus no segmento dos aparelhos regionais.

O novo grupo cuidará das atividades da Embraer "no campo da aviação comercial e de serviços", excluindo o setor da defesa e da aviação executiva.