PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Canadense de uma empresa mineradora é sequestrado em Burkina Faso

16/01/2019 16h20

Montreal, 16 Jan 2019 (AFP) - Homens armados sequestraram um funcionário canadense de uma empresa de mineração em Burkina Faso, indicou à AFP uma autoridade do governo canadense, sob condição de anonimato.

Eles atacaram "na terça-feira à noite" as instalações da mina de ouro explorada pela canadense Progress Minerals, perto da fronteira com o Níger e Mali, confirmou a fonte.

O sequestro acontece um mês após outra cidadã canadense, que realizava trabalho humanitário, desaparecer com um amigo italiano neste país do oeste africano, conforme relatado por Ottawa em 5 de janeiro.

A violência étnica deixou cinquenta mortos desde o início deste ano em Burkina Faso, que declarou estado de emergência em várias províncias diante de ataques jihadistas recorrentes.

Com foco inicialmente no norte do país, os ataques se espalharam para outras regiões.

O Canadá implantou no ano passado 250 soldados e oito helicópteros militares no vizinho Mali como parte de uma missão de paz, e o ministério das Relações Exteriores alertou seus cidadãos a não viajar para Burkina Faso pela "ameaça terrorista".

sab/la/dga/yow/mr