PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

CEO do banco Wells Fargo renuncia após escândalos

28/03/2019 20h00

Washington, 28 Mar 2019 (AFP) - O CEO do Wells Fargo, grande banco californiano envolvido em escândalos de práticas comerciais duvidosas, anunciou nesta quinta-feira sua saída imediata do cargo.

Tim Sloan, de 64 anos, passou 31 no Wells Fargo e tinha assumido sua direção em outubro de 2016.

Na nota, ele afirma que passou os últimos anos se dedicando a resolver "os problemas do passado e restaurar a confiança" da entidade.

"Avançamos muito, mas como ainda falta muito a fazer (...) para avançar, o Wells Fargo pode se beneficiar de um novo líder, com novas perspectivas", indicou.

Sloan, deixa o cargo imediatamente para se aposentar em junho, e será substituído temporariamente por Allen Parker, diretor legal do grupo bancário.

O Wells Fargo se envolveu em diversos escândalos por práticas comerciais duvidosas desde 2016.

Por exemplo, a instituição financeira foi acusada de ter aberto milhões de contas em nome de seus clientes sem o consentimento deles, para permitir que os funcionários atingissem suas metas de vendas.

O banco também foi criticado pelas táticas usadas para vender seguros de automóveis e pelos custos excessivos de empréstimos imobiliários para clientes.

vmt/mls/gma/ll

WELLS FARGO & COMPANY