PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Biden e Sanders criticam Trump por manejo da crise do coronavírus

12/03/2020 21h25

Wilmington, Estados Unidos, 13 Mar 2020 (AFP) - Os pré-candidatos democratas à Casa Branca, Joe Biden e Bernie Sanders, criticaram nesta quinta-feira o presidente Donald Trump pela resposta do governo federal à pandemia de coronavírus, e defenderam medidas urgentes para ajudar os americanos com dificuldades para pagar por assistência médica.

Os especialistas em Saúde Pública nos Estados Unidos criticam as autoridades federais por subestimar a pandemia e reagirem com demora à crise.

"O fracasso do governo em relação aos testes é colossal, e é um fracasso de planejamento, liderança e execução", disse o ex-vice-presidente Biden ao criticar a postura de Trump diante da crise do Covid-19, que tirou até o momento 38 vidas nos Estados Unidos.

"Qualquer pessoa que precise fazer os testes por aconselhamento médico deve fazê-lo sem custos", acrescentou Biden, que lançou o seu próprio plano para combater o surto e disse que Trump poderia "adotá-lo de imediato".

Biden, de 77 anos, lidera a corrida para a nomeação presidencial democrata frente a Sanders, um senador de 78 anos que se define como "socialista democrático".

Ambos candidatos cancelaram comícios que seriam realizado antes da próxima fase das primarias democratas na terça, que ocorreriam no Arizona, Flórida, Illinois e Ohio.

A equipe de Sanders "pediu para todo o pessoal trabalhar de suas casas e desde já não realizará mais grandes eventos, a não ser passar a campanha para o meio digital sempre que possível", disse em comunicado.

No seu discurso nesta quinta, Sanders alertou que o novo coronavírus pode deixar vítimas fatais e caos econômico em uma escala potencialmente massiva.

"Em relação às possíveis mortes e ao impacto em nossa economia, a crise que enfrentamos por causa do coronavírus está na escala de uma guerra importante, e devemos atuar em consequência", disse o senador de Vermont.

"Infelizmente nesse momento de crise internacional, ao menos para mim é claro que temos um governo que em grande medida é incompetente, e cuja incompetência e imprudência ameaçam a vida de muitas pessoas em nosso país", acrescentou.

Biden revelou uma múltipla abordagem para lidar com a crise, que inclui "medidas imediatas" para ajudar os americanos que estão sofrendo perdas econômicas.

Sanders pediu que o governo tome medidas de emergência, incluindo a suspensão imediata dos despejos, hipotecas e suspensão de serviços públicos.

Os democratas disseram estar negociando com o governo Trump um projeto de lei que proporcionaria testes gratuitos de detecção do coronavírus em todo o país, licença por doença paga e proteção financeira aos trabalhadores despedidos.

mlm/ad/mls/bn