PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Vale prolonga negociação para vender usina de níquel na Nova Caledônia

28/07/2020 11h14

Nouméa, 28 Jul 2020 (AFP) - Os grupos brasileiro Vale e australiano New Century Ressources (NCR) decidiram estender por 45 dias as negociações exclusivas sobre a venda do gigantesco complexo metalúrgico e de mineração Goro na Nova Caledônia - anunciou a administração da Vale NC nesta terça-feira (28).

A decisão foi tomada "diante do avanço decisivo das negociações", afirmou a Vale, que iniciou, em 26 de maio, negociações exclusivas com o grupo australiano para vender sua participação de 95% na unidade de processamento de níquel da ilha.

"Esperamos um acordo definitivo até o final do ano, e até antes disso", disse o CEO da Vale NC, Antonin Beurrier, à imprensa.

A NCR lidera um "consórcio australiano técnico e financeiro" que "confirmou seu apoio à estratégia de simplificação industrial iniciada".

A usina que explora a jazida de níquel de Goro enfrenta vários problemas técnicos e uma péssima situação financeira. Esse quadro a levou a abandonar a produção de óxido de níquel e a se dedicar a um produto intermediário, o Níquel Hidróxido Cake (NHC), para baterias elétricas.

"A posição da empresa é validada pelo mercado", afirmou a Vale, em um comunicado, divulgando "ofertas de contratos comerciais de 5, 10, 15 anos que cobrem toda produção".

Beurrier afirmou que o complexo industrial vai equilibrar suas contas em 2021 e prometeu que "compromissos sociais e ambientais" serão garantidos.

A compra da Vale NC por parte do grupo australiano NCR é rejeitada na Nova Caledônia por lideranças da comunidade kanak, por separatistas e por sindicatos.

cw/zm/tt