PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Telefónica registra queda de 51% no lucro no 2º trimestre

30/07/2020 06h19

Madri, 30 Jul 2020 (AFP) - O grupo de telecomunicações espanhol Telefónica anunciou nesta quinta-feira uma queda de 51% no lucro líquido no segundo trimestre, consequência dos efeitos mundiais da pandemia de coronavírus.

O resultado líquido foi de 425 milhões de euros (500 milhões de dólares).

O faturamento caiu 14,8% em ritmo anual, a 10,34 bilhões de euros (12,16 bilhões de dólares), "principalmente pelos efeitos negativos da pandemia de COVID-19 na atividade comercial nos países em que a Telefónica está presente", afirma a multinacional em seu relatório trimestral.

As medidas de confinamento adotadas em vários países derrubaram as vendas de telefones, assim como a receita obtida com roaming, os gastos derivados das viagens dos clientes ao exterior.

Os faturamentos das pequenas e médias empresas também registraram quedas.

Em seu balanço do trimestre, a Telefónica calcula que entre abril e junho a pandemia teve um impacto negativo em sua receita de 729 milhões de euros (857 milhões de dólares).

O grupo, com forte presença na América Latina, também sofreu na região o efeito de uma taxa de câmbio desfavorável, por um total de quase 800 milhões de euros (940 milhões de dólares).

No conjunto do primeiro semestre, o lucro líquido caiu 53,5%, a 831 milhões de euros (977 milhões de dólares). O volume de negócios nos primeiros seis meses registrou queda de 10%, a 21,7 bilhões de euros (25,515 bilhões de dólares).

A Telefónica anunciou nesta quinta-feira venda de sua filial na Costa Rica por 500 milhões de dólares para a Liberty Latin America, como parte de sua estratégia anunciada no fim de 2019, que consiste em concentrar as atividades na Europa e no Brasil e deixar o restante da América Latina.

emi/avl/fp