PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Gigante do luxo francesa Kering é investigada por fraude fiscal

16/12/2020 12h30

Paris, 16 dez 2020 (AFP) - A gigante do luxo francesa Kering, dona das marcas Balenciaga e Yves Saint Laurent, é alvo desde fevereiro de 2019 de uma investigação por fraude fiscal, disse nesta quarta-feira (16) a promotoria francesa encarregada de assuntos financeiros.

Segundo o site de notícias Mediapart, o primeiro a dar a notícia antes que a promotoria a confirmasse, esta investigação está focada na parte francesa de um regime fiscal que teria permitido ao grupo de François-Henri Pinault declarar na Suíça as atividades realizadas em outros países, principalmente na Itália.

Com isso, o grupo teria evitado pagar "2,5 bilhões de euros (cerca de 3,05 bilhões de dólares) em impostos entre 2010 e 2017, dos quais ao menos 180 milhões de euros na França", disse Mediapart.

"Kering contesta com a maior firmeza as acusações totalmente infundadas de lavagem de fraude fiscal mencionadas no artigo da Mediapart", disse o grupo nesta quarta-feira, antes que a promotoria confirmasse uma investigação em andamento. Sobre a investigação, disse que "não estava ciente".

"Caso necessário, o grupo cooperará plenamente com as autoridades competentes na possível investigação, com toda transparência e com serenidade", afirmou a Kering.

kd-bl/meb/jz/aa

KERING