PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Banco Mundial prevê crescimento para 2021 de 3,7% na AL e mundial de 4%

05/01/2021 13h34

Washington, 5 Jan 2021 (AFP) - O Banco Mundial anunciou, nesta terça-feira (5), que antecipa uma expansão econômica de 3,7% no Produto Interno Bruto (PIB) da América Latina e Caribe este ano, melhorando a previsão anterior de um crescimento de 2,8% para a região, muito afetada pela pandemia do coronavírus.

"Espera-se que a atividade econômica regional cresça 3,7% em 2021, à medida que se flexibilizem as iniciativas para mitigar a pandemia, se distribuam vacinas, se estabilizem os preços dos principais produtos básicos e melhorem as condições externas", afirmou o organismo multilateral, ao divulgar suas perspectivas econômicas mundiais.

A instituição ressaltou, porém, que a recuperação, que chegará depois de uma década de crescimento lento, "será muito leve".

E advertiu que um cenário negativo, com atrasos na distribuição da vacina contra a covid-19 e com efeitos colaterais econômicos, poderá reduzir a alta do PIB para 1,9%.

"O panorama apresenta riscos adversos", completa o Banco.

Segundo as previsões, vários fatores podem fazer o ritmo da atividade desacelerar. A instituição menciona, entre eles, "a impossibilidade de conter a pandemia, problemas relacionados com a dívida e o financiamento externo, o ressurgimento de tensões sociais, danos econômicos causados pela pandemia, cuja gravidade não se previu, e perturbações relacionadas com a mudança climática e os desastres naturais".

Em relação ao crescimento mundial para 2021, também considera que as perspectivas econômicas são "altamente incertas" ante a nova onda de contágios da covid-19 e as recém-iniciadas campanhas de vacinação.

O PIB mundial crescerá 4% este ano, 0,2 ponto percentual a menos do que o projetado em junho passado (4,2%). O Banco aponta, porém, que a queda da economia em 2020 pode ser "menos forte" do quiesperado.

ad/ll/tt/aa