PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Aplicativo de encontros Bumble avança em sua estreia em Wall Street

11/02/2021 20h04

Washington, 11 Fev 2021 (AFP) - O aplicativo americano de encontros Bumble, no qual as mulheres tomam a iniciativa, estreou em Wall Street nesta quinta-feira (11) com uma oferta pública inicial que valorizou a companhia em mais de 8 bilhões de dólares e subiu significativamente durante o dia.

A bolsa de valores de Nova York recebeu a empresa, negociada com a sigla "BMBL", com os braços abertos, em um momento em que os aplicativos de encontros desfrutam de um êxito imenso desde que a pandemia limitou as possibilidades de encontros reais de milhões de pessoas nos Estados Unidos e no mundo.

Com um preço inicial de 43 dólares, a ação subiu 73% às 17h de Brasília (20h GMT), a 74 dólares.

Os títulos de um dos atores mais conhecidos do setor, Match, proprietário dos concorrentes do Bumble, Tinder e Meetic, se multiplicaram por cinco em Wall Street desde março, quando a pandemia se expandiu nos Estados Unidos.

A Bumble Inc, dona dos aplicativos Badoo e Bumble, foi fundada em 2014 por Whitney Wolfe Herd, de 31 anos, ex-presidente de marketing da concorrente Tinder.

A ambição da rede é ser uma plataforma social global, antes de tudo feminista, dando o poder às mulheres para iniciar relacionamentos.

Um ano depois de seu lançamento, em 2015, o aplicativo registrava 15 milhões de assinantes e 80 milhões de uniões virtuais.

Em 2020, o Bumble teria 54 milhões de usuários mensais, segundo a Bloomberg, e 2,4 milhões de assinaturas pagas através do Bumble e do Badoo.

Os dois aplicativos, adquiridos pelo fundo de investimentos Blackstone em 2019, empregam 600 pessoas em Austin (Texas) e têm escritórios em várias cidades europeias.

vmt/lo/nth/mls/rs/mvv

IAC/INTERACTIVECORP

THE BLACKSTONE GROUP