PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Hong Kong desmantela rede que 'lavava' até US$ 155 milhões com criptomoedas

A rede chegava a "lavar" até 1,2 bilhão de dólares hongueconguenses (US$ 155 milhões) - Getty Images
A rede chegava a 'lavar' até 1,2 bilhão de dólares hongueconguenses (US$ 155 milhões) Imagem: Getty Images

Da AFP, em Hong Kong

15/07/2021 07h59Atualizada em 15/07/2021 07h59

O serviço de Alfândega de Hong Kong anunciou nesta quinta-feira (15) que desarticulou, pela primeira vez, uma rede que usava criptomoedas para "lavar" até 1,2 bilhão de dólares hongueconguenses (US$ 155 milhões).

"Esta é a primeira vez em Hong Kong que se desmantela uma rede que usa criptomoedas para lavar dinheiro e ocultar a origem dos ativos criminosos", disse à imprensa Mark Woo Wai-kwan, um oficial da polícia local.

Quatro pessoas, entre elas o cérebro da rede, foram detidas, e 20 milhões de dólares hongueconguenses foram congelados.

A rede havia aberto várias contas bancárias em nome de empresas fantasmas, para as quais fazia transferências por meio de uma plataforma de troca de criptomoedas para convertê-las em dinheiro para seus clientes.

Cerca de 60% do valor total foi movimentado nos últimos 15 meses, por meio de contas com sede em Singapura. A rede usava a criptomoeda Tether.

As agências reguladores criticam as criptomoedas, com frequência. Devido ao seu anonimato, elas podem ser usadas para fins ilegais.