PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Presidente do Banco Central russo diz que inflação é 'verdadeiro desastre'

A inflação na Rússia atingiu 8,1% em outubro, número recorde desde 2016 -  Emil Kalibradov/Unsplash
A inflação na Rússia atingiu 8,1% em outubro, número recorde desde 2016 Imagem: Emil Kalibradov/Unsplash

15/11/2021 13h46

Moscou, 15 Nov 2021 (AFP) - A presidente do Banco Central da Rússia, Elvira Nabiullina, disse nesta segunda-feira (15) que o recorde de inflação registrado é um "verdadeiro desastre" para o país, instando o governo a agir nesse sentido.

A inflação na Rússia subiu abruptamente durante meses, atingindo 8,1% interanual em outubro, um número recorde desde 2016 que duplica a meta estabelecida pelo Banco Central.

Como na maior parte do mundo, os preços dos alimentos explodiram, atingindo duramente a população com menos recursos.

Nabiullina é uma das poucas autoridades que ocasionalmente criticam a política governamental do presidente Vladimir Putin.

A respeitada presidente do Banco Central há meses alerta para o aumento da inflação, elevando a taxa básica, atualmente de 7,5%, em diversas ocasiões para tentar conter a disparada dos preços.

Ela também criticou as medidas tomadas pelo governo para limitar os preços de alguns produtos atendendo a pedidos de Putin.

Nesta segunda-feira, ela reiterou sua posição mais uma vez, considerando que a medida é prejudicial à economia.

PUBLICIDADE