PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Banco Central tenta frear a desvalorização do rublo após a invasão da Ucrânia

24/02/2022 04h36

Moscou, 24 Fev 2022 (AFP) - O Banco Central da Rússia anunciou nesta quinta-feira que iniciou "intervenções" no mercado cambial para "estabilizar a situação" após o início da operação militar russa na Ucrânia, que provocou uma desvalorização de 9% do rublo em relação ao dólar.

"Com o objetivo de estabilizar a situação do mercado financeiro, o Banco da Rússia decidiu iniciar intervenções no mercado de divisas", anunciou a instituição em um comunicado.

Às 6h42 locais (2h42 de Brasília), o rublo atingiu o valor mínimo histórico de 90 rublos por dólar, uma queda de 9,02% na comparação com o fechamento de quarta-feira.

Pouco depois a moeda se recuperou um pouco e às 8h07 (4h07 de Brasília) a queda era de 5,40%.

A Bolsa de Moscou reabriu após uma suspensão temporária e operava em queda de quase 14%.

As medidas do BC também pretendem "proporcionar liquidez adicional ao setor bancário" da Rússia, ameaçado pelas sanções ocidentais.

"O Banco da Rússia garantirá a manutenção da estabilidade financeira e a continuidade das operações das instituições financeira, utilizando todas as ferramentas necessárias", afirmou a instituição, que destacou ter "planos de ação claros para qualquer cenário".

pop/alf/cm/dbh/js/fp

PUBLICIDADE