PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

UE revista sede da Gazprom na Alemanha em investigação sobre preço do gás

Logo da Gazprom em coluna em unidade de processamento de gás na região de Amur, Rússia - MAXIM SHEMETOV/REUTERS
Logo da Gazprom em coluna em unidade de processamento de gás na região de Amur, Rússia Imagem: MAXIM SHEMETOV/REUTERS

31/03/2022 09h30Atualizada em 31/03/2022 09h30

A Comissão Europeia fez inspeções-surpresa nas instalações da empresa de energia russa Gazprom na Alemanha por suspeita de violação das regras de concorrência para aumentar os preços - informaram fontes europeias nesta quinta-feira (31).

O Executivo Comunitário, fiador da concorrência na União Europeia, não confirmou esta informação. Em um comunicado, porém, reconheceu ter feito inspeções, junto com a autoridade alemã para concorrência, "nas instalações de várias empresas ativas no fornecimento, transporte e armazenamento de gás natural na Alemanha".

Duas fontes europeias confirmaram, em conversa com a AFP, que as inspeções aconteceram na quarta-feira (30) na gigante russa de gás Gazprom e em sua subsidiária de distribuição de gás natural Wingas, conforme noticiado pela agência de notícias econômicas Bloomberg.

"As inspeções sem aviso prévio são um passo preliminar na investigação de supostas práticas anticoncorrenciais. O fato de a Comissão fazer estas inspeções não significa que as empresas sejam culpadas de um comportamento anticoncorrencial e não prejulga o resultado da própria investigação", frisou o Executivo do bloco.

Desde o ano passado, há suspeitas de que a Rússia esteja restringindo o fornecimento de gás para a Europa para forçar um aumento de preços.

A invasão russa da Ucrânia expôs a extrema dependência da UE em relação ao gás importado da Rússia, que corresponde a 40% de seu consumo. Esta dependência limita, por exemplo, sua capacidade de agir contra Moscou.

Os 27 membros do bloco, que adotaram sanções sem precedentes desde o início da guerra, abstiveram-se até agora de sancionar o setor de gás, apesar de ser uma importante fonte de receita para a Rússia.