PUBLICIDADE
IPCA
0,67 Jun.2022
Topo

Primeiro caso de gripe aviária detectado no Ártico

24/06/2022 11h25

Oslo, 24 Jun 2022 (AFP) - As autoridades norueguesas descobriram o primeiro caso de gripe aviária em Svalbard, a cerca de 1.000 quilômetros do Polo Norte, levantando temores de que o vírus possa se espalhar para outras populações de aves na região remota.

A gripe aviária de alta patogenicidade (HPAI) foi detectada este mês em uma gaivota polar encontrada morta na capital do arquipélago, Longyearbyen, informou o gabinete do governador em comunicado na quinta-feira.

"A detecção de HPAI é preocupante porque uma série de populações vulneráveis de aves selvagens põem ovos e se reproduzem no arquipélago no verão", disse Knut Madslien, funcionário do Instituto Veterinário Norueguês, em comunicado.

"As espécies que se reúnem em penhascos estarão particularmente em risco se a gripe aviária entrar nas colônias de aves", acrescentou.

O gabinete do governador disse que o Instituto Veterinário acredita que é "a primeira vez que o vírus foi detectado no Ártico".

Svalbard (Spitzberg) está localizada a meio caminho entre a Noruega continental e o Polo Norte, de onde fica a cerca de 1.000 quilômetros.

Casos de gripe aviária já haviam sido identificados no norte da Europa, mesmo além do Círculo Ártico, mas nunca nas latitudes do norte até agora.

phy/lum/sta/jv/mab/mr