PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Wall Street encerra no vermelho seu pior semestre desde 1970

30/06/2022 19h34

Nova York, 30 Jun 2022 (AFP) - Wall Street encerrou com prejuízo nesta quinta-feira (30) seu pior semestre desde 1970, pouco estimulada pela inflação elevada e persistente nos Estados Unidos.

O principal índice, o industrial Dow Jones, perdeu 0,80%. Já o Nasdaq, de valores tecnológicos, recuou 1,33% e o índice ampliado S&P 500 - das 500 principais empresas - fechou em queda de 0,86%, segundo dados definitivos da sessão.

Desde o começo do ano, o Dow Jones perdeu 15,31% e o Nasdaq caiu 29,51% no que representou o pior início de ano da história. O S&P 500 perdeu 20,52%.

A tendência para baixo tem sido uma quase constante desde janeiro. Só foi rompida no fim de março e durante outros breves períodos em um recuo bastante constante desde janeiro.

Uma série de dados ruins da inflação levaram o Federal Reserve (Fed) a adotar medidas cada vez mais agressivas para tentar frear as pressões de alta sobre os preços.

Duas semanas atrás, o Fed aumentou as taxas de juros em três quartos de ponto, a maior alta em quase 30 anos. Os mercados pensam que em julho poderia acontecer o mesmo de novo.

Dados do Departamento do Comércio mostraram na quinta-feira que os gastos dos lares americanos aumentaram apenas 0,2% em maio e que isso faz parte de uma tendência constante para baixo, já que os consumidores recuam diante do aumento dos preços.

O informe também mostrou que o índice do preço em ritmo anualizado subiu 6,3% em maio, a mesma taxa do mês anterior, o que para o Fed é um sinal positivo em sua luta contra a inflação.

No entanto, quando se leva em conta a inflação, os dados mostram uma queda dos gastos reais dos consumidores, segundo analistas.

"A inflação foi hoje um pouco melhor do que o esperado, mas provavelmente não suficientemente boa para evitar que o Fed elevasse as taxas de juros em 75 pontos básicos na próxima reunião", disse Tom Cahill, da Ventura Wealth Management.

"Ao mesmo tempo, os gastos pessoais foram negativos durante o mês em termos reais", disse Cahill. "As pessoas começam a ter a sensação de que talvez o Federal Reserve vá empurrar a economia para a recessão".

vmt/bt/gm/llu/mvv