PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Retirada da Rússia pesa nas contas da fabricante francesa Renault

29/07/2022 07h48

A fabricante de carros Renault registrou um prejuízo líquido de 1,36 bilhão de euros no primeiro semestre, devido ao fim de suas atividades na Rússia, mas registrou melhores margens nas vendas de carros, anunciou a empresa nesta sexta-feira (29).

O custo de 2,3 bilhões gerado pela venda de suas atividades industriais na Rússia não foi compensado por uma melhora em suas margens alcançada com a venda de veículos mais caros, melhor equipados e com menos descontos. 

Com este panorama, a empresa melhorou suas projeções para 2022, apostando em uma margem operacional de 5%, em linha com seus objetivos de longo prazo. 

O grupo confirmou que a crise dos semicondutores terá um impacto estimado de 300.000 veículos em sua produção em 2022. Indicou ainda que a alta dos preços das commodities teve um impacto nas suas contas de 797 milhões de euros.

tsz/ico/an/mab/zm/aa

© Agence France-Presse