Fluxos globais de Investimento Estrangeiro Direto em 2023 se estabelecem em cerca de USD 1,37 trilhão, segundo monitoramento de órgão da ONU

GENEBRA, 17 de janeiro de 2024 (WAM) -- O Investimento Estrangeiro Direto (IED) global teve um aumento modesto de mais de 3%, atingindo um valor estimado de USD 1,37 trilhão em 2023, desafiando as expectativas, já que os temores de recessão no início do ano diminuíram e os mercados financeiros tiveram um bom desempenho.

Os fluxos globais de IED aumentaram, mas a incerteza econômica e as taxas de juros mais altas afetaram o investimento global. O aumento de títulos se deveu principalmente a valores mais altos em algumas economias de conduítes europeias; excluindo esses canais, os fluxos globais de IED foram 18% menores, de acordo com o Monitor de Tendências de Investimento Global da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, na sigla em inglês).

Nos países desenvolvidos, o IED na União Europeia saltou de USD 150 bilhões negativos em 2022 para USD 141 bilhões positivos devido a grandes oscilações em Luxemburgo e na Holanda. Excluindo esses dois países, os influxos para o restante da UE caíram 23%, com quedas em vários grandes receptores. Os fluxos de entrada em outros países desenvolvidos também estagnaram, com crescimento zero na América do Norte e quedas em outros lugares.

Os fluxos de IED para países em desenvolvimento caíram 9%, para USD 841 bilhões, com fluxos em declínio ou estagnados na maioria das regiões. O IED diminuiu 12% na Ásia em desenvolvimento e 1% na África. O fluxo ficou estável na América Latina e no Caribe, já que a América Central contrariou a tendência.

https://wam.ae/article/b1744kf-global-fdi-flows-2023-settle-around-137-trillion



Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes