Masdar City inaugura sua primeira mesquita com foco na comunidade e no meio ambiente

ABU DHABI, 19 de janeiro de 2024 (WAM) -- A Masdar City, um centro de sustentabilidade e inovação com sede em Abu Dhabi, inaugurou sua primeira mesquita, chamada Estidama Mosque. A nova estrutura em forma de cúpula de 500 metros quadrados, localizada no Masdar Park, segue os mais altos padrões internacionais de sustentabilidade e pode acomodar 335 fiéis para cada uma das cinco orações diárias.

"A Mesquita Estidama é um símbolo poderoso de nosso compromisso com nossa comunidade, nossa fé e a administração responsável da terra", disse Mohamed Al Breiki, diretor-executivo de Desenvolvimento Sustentável da Cidade de Masdar. "Vemos isso como muito mais do que uma casa de culto - é um local de encontro da comunidade no coração de nossa cidade, onde os fiéis podem esperar por uma jornada que seja ambientalmente consciente e espiritualmente profunda", acrescentou.

A Masdar City projetou a Estidama Mosque em colaboração com a X-Architects com foco no design passivo, uma abordagem que eles defendem em toda a cidade. É uma técnica arquitetônica que trabalha com o ambiente local e os componentes físicos de um edifício para minimizar a necessidade de resfriamento com uso intensivo de energia.

As claraboias no telhado são compactas e as tradicionais telas árabes maximizam a luz natural e minimizam o calor gerado pelo sol direto. O edifício também tem uma baixa relação entre a área de superfície e o volume, um envelope de construção hermético e isolamento de alto desempenho. Além disso, os principais caminhos para o edifício e o pátio são sombreados por árvores, e sensores inteligentes dentro do edifício permitem o gerenciamento preciso da iluminação e da ventilação com base na ocupação do edifício. Todos esses recursos trabalham juntos para reduzir a necessidade de resfriamento.

No total, a mesquita usará mais de 50% menos energia do que um edifício de mesquita tradicional. Os painéis solares fotovoltaicos, instalados nas sombras do estacionamento próximo, produzem uma parte das necessidades de energia restantes do edifício. A mesquita também conserva cerca de 48% de sua água. Uma unidade de tratamento de água permite que a água cinza seja usada para irrigar as plantas no jardim da mesquita.

"Estamos orgulhosos do fato de que esse projeto exclusivo está no caminho certo para ser a primeira mesquita LEED Platinum de Abu Dhabi", acrescentou Al Breiki. "Nossos projetos atendem a todos os requisitos do LEED Platinum e do Estidama 3-Pearl, e esperamos receber as certificações ainda este ano."

O LEED Platinum é o mais alto padrão internacional para edifícios verdes, concedido pelo US Green Buildings Council. O Estidama 3-Pearl é uma classificação concedida pelo Sistema de Classificação Estidama Pearl dos Emirados Árabes Unidos, que foi projetado para o ambiente físico dos Emirados Árabes Unidos e se concentra na conservação da água.

Al Breiki, bem como Ahmed Baghoum, CEO da Masdar City, participaram de uma cerimônia de corte da fita da mesquita ao lado de líderes seniores do acionista da Masdar City, a Mubadala Investment Company: Homaid Al Shimmari, vice-CEO e diretor xorporativo e de Capital Humano; Dr. Bakheet Al Katheeri, CEO da plataforma de investimentos da Mubadala nos Emirados Árabes Unidos; e Khalifa Al Romaithi, diretor-executivo de imóveis dos Emirados Árabes Unidos, ao lado de Anwar Al Hanaei, diretor da Autoridade Geral para Assuntos Islâmicos e Doações.

Vale lembrar que uma segunda mesquita na Cidade de Masdar, um edifício net zero muito maior, foi anunciada durante a COP28 e deverá ser inaugurada em 2024. O local acomodará 1.300 fiéis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes