Cúpula Mundial de Governos se transforma em plataforma para cooperação internacional e um laboratório para políticas futuras

DUBAI, 5 de fevereiro de 2024 (WAM) -- A Cúpula Mundial de Governos (WGS, na sigla em inglês), que começa na próxima semana, representa um momento crucial para influenciar governos e sociedades a se envolverem com a comunidade global na formação do futuro.

Ao longo dos anos, a Cúpula se transformou em uma plataforma de primeira linha para que os governos compartilhem as melhores práticas e promovam a cooperação internacional sob a orientação visionária do presidente emirático, xeique Mohamed bin Zayed Al Nahyan, e o acompanhamento do xeique Mohammed bin Rashid Al Maktoum, vice-presidente, primeiro-ministro e governante de Dubai.

As edições anteriores da Cúpula tiveram uma ampla participação de líderes mundiais, governos, organizações internacionais, executivos de empresas globais, empresários, especialistas e criadores do futuro. E também estimularam o início de uma nova fase em que os EAU continuam a oferecer uma plataforma líder que une o mundo sob o mesmo teto, com o objetivo humanitário de garantir um futuro melhor para as gerações futuras.

O compromisso dos Emirados Árabes Unidos com a cooperação internacional e a inovação é evidente em seus esforços para expandir as parcerias de conhecimento e facilitar os intercâmbios entre os governos. A Cúpula do ano passado registrou a assinatura de mais de 80 acordos bilaterais para modernizar as práticas governamentais e promover as metas de desenvolvimento sustentável.

Com o tema "Moldando os Governos do Futuro", a Cúpula deste ano promete reunir milhares de autoridades, especialistas e líderes do setor privado para discutir tendências globais e contribuir para o desenvolvimento de soluções inovadoras para desafios futuros. Por meio do compartilhamento de conhecimento e de parcerias estratégicas, a Cúpula tem como objetivo capacitar os governos e aprimorar sua preparação para o futuro.

Como o maior encontro anual global de governos, a Cúpula conseguiu elevar o futuro dos governos, permitindo a eles alcançar a excelência e a liderança com base nos últimos desenvolvimentos e tendências, se concentrando no aproveitamento da tecnologia e da inovação para enfrentar os desafios atuais.

Com a Cúpula deste ano, os Emirados Árabes Unidos continuam a consolidar sua abordagem estratégica para o desenvolvimento da cooperação internacional, aprimorando o trabalho do Governo e incentivando iniciativas inspiradoras que atendam às aspirações das pessoas por desenvolvimento, prosperidade, estabilidade social e confiança no futuro.



Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes