Bolsas

Câmbio

China estuda redução de índice de cobertura para bancos

Alfred Cang

(Bloomberg) -- Os órgãos reguladores da China estão discutindo uma possível redução no montante de provisões que os bancos do país precisam separar para seus empréstimos inadimplentes, disse o presidente do conselho do China Construction Bank nesta segunda-feira.

Uma redução no índice de cobertura para empréstimos inadimplentes para cerca de 120 por cento a 130 por cento seria "razoável" e "possível", disse Wang Hongzhang à Bloomberg News nos bastidores de um evento em Cingapura. Ele disse que o órgão regulador "poderá aplicar índices diferentes para bancos diferentes".

A Comissão Reguladora Bancária da China (CBRC, na sigla em inglês) estabelece atualmente o índice de cobertura legal mínimo para empréstimos inadimplentes em 150 por cento.

Os maiores bancos da China, que deverão divulgar os resultados do primeiro trimestre nesta semana, têm menos espaço para melhorar seus lucros após permitirem que seus índices de cobertura para empréstimos inadimplentes -- um dos principais fatores de oscilação nos relatórios de lucros -- caíssem para perto do mínimo regulatório. O China Construction Bank reportou um aumento de 0,1 por cento no lucro líquido de 2015 após um salto de 47 por cento nos empréstimos inadimplentes.

Wang disse que uma possível redução do índice de cobertura não provocaria um grande impacto sobre os lucros do CCB. O governo chinês discutiu a redução do índice de cobertura e a CBRC decidiria o momento e a proporção de qualquer redução, disseram pessoas informadas sobre o assunto em fevereiro. Alguns grandes bancos usaram um índice de cerca de 120 por cento para seu orçamento de 2016, segundo as pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos