Bolsas

Câmbio

Fundo imobiliário do BTG Pactual está pronto para ir às compras

Eduardo Thomson e Fabiola Moura

(Bloomberg) -- O FII BTG Pactual Corporate Office Fund, maior fundo imobiliário do Brasil com cotas negociadas em bolsa, está procurando pechinchas no segmento que já esteve entre os mais caros do mundo: o de edifícios corporativos de alto padrão em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Adriano Mantesso, CEO do BC Fund, como o fundo é conhecido, planeja comprar fundos rivais com ativos que estão sendo negociados com desconto após a queda de preço dos aluguéis e a disparada da vacância de imóveis. Seu foco são os negócios em São Paulo e no Rio de Janeiro, as maiores cidades do país.

"A janela para aquisições está se abrindo agora", disse Mantesso.

A crise econômica de dois anos, gerada por um misto de preços mais baixos das commodities e uma profunda crise política que afastou os investimentos de longo prazo, elevou as taxas de vacância dos melhores edifícios de escritórios de São Paulo e do Rio a níveis recorde. Agora, com os primeiros sinais de recuperação da maior economia da América Latina, os fundos que detêm os edifícios de primeira linha estão atraentes, disse Mantesso, especialmente porque os inquilinos dos escritórios menos glamorosos estão aproveitando os aluguéis mais baixos para se mudar para edifícios mais luxuosos.

As ações de muitos fundos de investimento imobiliário do Brasil ainda estão sendo negociadas abaixo do valor dos ativos que estes fundos detêm. As taxas de vacância dos melhores escritórios de São Paulo e do Rio continuam acima de 22 por cento, segundo a consultoria imobiliária Engebanc, contra 2,5 por cento em 2010. Isso, combinado com a queda dos preços dos aluguéis, afetou os retornos dos fundos imobiliários e criou uma oportunidade de investimento, disse o CEO da Engebanc, Marcelo Costa, em entrevista, em São Paulo.

"Quem tiver fôlego e paciência pra sair comprando pequenos cotistas, vai comprar um ativo a um preço muito mais baixo que o preço de reposição", disse Costa. "Essa é uma oportunidade de investimento fantástica, mas dá muito trabalho".

O Grupo BTG Pactual, que controla o fundo de Mantesso, vendeu ativos e recorreu a uma linha de crédito do Fundo Garantidor de Créditos para manter a liquidez após a prisão, em novembro, do então CEO André Esteves por supostamente interferir no depoimento de um ex-executivo da Petrobras envolvido em uma investigação de corrupção. O lucro do banco de investimento caiu 8 por cento no segundo trimestre. Esteves, que negou diversas vezes ter cometido irregularidades, foi libertado da prisão em dezembro. Ele retornou ao banco em abril.

O preço médio de aluguel de escritório em São Paulo era de R$ 87 por metro quadrado no fim do segundo trimestre, contra R$ 90 há um ano e R$ 95 há dois anos, segundo dados da corretora imobiliária e empresa de pesquisas Jones Lang LaSalle. No caso dos escritórios de alto padrão da exclusiva área da Faria Lima, em São Paulo, os preços caíram para R$ 122 o metro quadrado depois de chegarem a R$ 130 no ano anterior e a R$ 138 dois anos antes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos