Bolsas

Câmbio

Jose Cuervo adia venda de ações após sondar investidores, diz fonte

Michelle F. Davis

(Bloomberg) -- A Jose Cuervo, maior fabricante de tequila do mundo, adiou o plano de realizar uma oferta pública inicial após entrar em contato com investidores para ter uma ideia da demanda, segundo uma pessoa com conhecimento do assunto.

A Jose Cuervo havia planejado iniciar formalmente o marketing da oferta para os investidores no México na quinta-feira, mas decidiu esperar porque as primeiras conversas sinalizaram falta de entusiasmo, disse a pessoa, que pediu anonimato porque a informação é privada. A destilaria com sede na Cidade do México buscava vender até US$ 1 bilhão.

A fabricante de tequila reavaliará a perspectiva para uma venda em janeiro, disse a pessoa. O setor de relações com investidores da Jose Cuervo não respondeu a uma mensagem de voz e a um e-mail em busca de comentário. A assessoria de imprensa do Banco Santander México, principal subscritor da venda no México, não comentou imediatamente. O Morgan Stanley, principal subscritor internacional, não quis comentar. O adiamento foi divulgado anteriormente pela Reuters.

A vitória surpresa de Donald Trump na eleição presidencial dos EUA afetou os mercados financeiros na América Latina, gerando a preocupação de que a Jose Cuervo estaria buscando vender ações em um momento inoportuno. O índice acionário de referência do México caiu mais de 6% desde a eleição nos EUA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos