Bolsas

Câmbio

McDonald's entrega pedidos em Nova York para crescer

Leslie Patton

(Bloomberg) -- McDonald's expandirá seu serviço de entrega a mais de 1.000 filiais nos EUA nesta semana, inclusive em lanchonetes da região de Nova York. A medida é parte de uma aposta da rede de 77 anos para encontrar uma nova fonte significativa de crescimento.

A rede de hambúrgueres recorreu ao UberEats, da Uber Technologies, para executar o programa "McDelivery", que agora está disponível em mais de 2.000 lanchonetes. Entre as cidades que passarão a contar com o serviço estão Dallas, Denver, Fresno, na Califórnia, Houston, San Antonio, Seattle e Washington. UberEats costuma cobrar uma taxa de reserva -- US$ 4,99, digamos -- que pode variar de um lugar a outro.

A cidade de Nova York -- onde os serviços de entrega são amplamente utilizados e altamente competitivos -- representa o maior campo do teste da iniciativa até o momento. Há muito em jogo: a companhia com sede em Oak Brook, Illinois, considera que as entregas serão um mercado de US$ 100 bilhões que poderia dar um novo impulso às vendas. Em Nova York, o UberEats está disponível das 7 horas da manhã até a 1 da madrugada, sete dias por semana.

"Levaremos a experiência McDonald's a mais consumidores em suas casas, seus dormitórios, ambientes de trabalho e além", disse o CEO Steve Easterbrook em uma conferência com investidores nesta quarta-feira. "Vemos um potencial significativo."

Após testar o serviço de entregas durante anos, a gigante do setor de comida rápida agora corre para aumentar a escala dessa iniciativa. A ideia é que esta opção esteja disponível em 3.500 lanchonetes até o fim de junho. Os pedidos costumam chegar no fim do dia, trazendo receita em um momento em que os clientes podem não estar indo a restaurantes, disse Easterbrook.

"Quase 60 por cento dos pedidos estão sendo realizados no fim do dia ou tarde da noite", disse ele. "E, como a velocidade é importante, da realização do pedido até a porta do cliente entregamos os alimentos em menos de 30 minutos em média."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos