Bolsas

Câmbio

Fazenda saudita estuda usar esterco para gerar energia

Matthew Martin e Sarah Algethami

(Bloomberg) -- Uma fazenda de gado leiteiro do país que é o maior exportador de energia do mundo estuda usar esterco de vaca para atender às suas necessidades de energia.

A saudita National Agriculture Development planeja desenvolver uma usina de biomassa de US$ 200 milhões movida por excrementos de boi, segundo pessoas com conhecimento do assunto. A Nadec, como a empresa de lácteos é conhecida, negocia a construção da usina com possíveis desenvolvedores, disseram as pessoas, que pediram anonimato porque a informação é privada.

A Nadec também iniciou tratativas com um grupo de bancos locais para captar recursos para o projeto, que também incluirá a construção de uma usina solar na fazenda, e o ofertante vencedor assumirá os geradores a diesel existentes, disseram as pessoas. As ações da empresa, 20 por cento delas pertencentes ao Fundo de Investimento Público, avançaram 19 por cento neste ano na Bolsa de Valores da Arábia Saudita. Procurado, um porta-voz da Nadec não respondeu aos pedidos de comentários.

Em meio à queda do preço do petróleo e às tentativas de diversificação da economia da Arábia Saudita, os governantes do reino estão reduzindo os subsídios à energia e planejam estimular fontes de energia renovável para economizar mais petróleo para exportação. A Arábia Saudita planeja desenvolver 30 projetos solares e eólicos nos próximos 10 anos como parte de um programa de US$ 50 bilhões para ampliar a geração de energia e reduzir seu consumo de petróleo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos