Bolsas

Câmbio

Palácios portugueses oferecem hospedagem digna de reis

Chadner Navarro

(Bloomberg) -- Quando viaja, você gosta de dormir como um rei? Então é possível que já tenha se hospedado nos châteaux da França, nas villas da Toscana e talvez até em uma mansão da Irlanda. O que vem a seguir em sua lista de estadias extraordinárias e históricas?

Os palácios de Portugal.

Como o país teve uma nobreza reconhecida desde a época de sua fundação como reino, de 1139 a 1910 -- quando Portugal finalmente se tornou república --, os extravagantes palácios ou paços de propriedade de nobres podem ser encontrados por toda a parte. E, para sua sorte, alguns foram transformados em acomodações que podem ser reservadas e que ostentam incríveis tesouros arquitetônicos e decorativos, do estilo de arquitetura neoclássico ao barroco e ao manuelino (gótico português com muitos motivos marítimos), afrescos originais, muitas paredes de azulejos e móveis antigos. Essas propriedades podem não contar com uma academia, mas a maioria está localizada em grandes lotes de terra onde se pode correr entre jardins perfumados ou dar algumas braçadas em piscinas ao ar livre com vistas deslumbrantes.

O conceito de aluguel de mansões ainda é bastante novo em Portugal, o que significa que descobrir como reservar seu próprio palácio nem sempre é algo intuitivo, especialmente porque não existe um site dedicado à categoria (embora o Center seja especializado em acomodações únicas e rurais de Portugal). Por isso, fizemos uma seleção de nossos palácios favoritos para reservar agora em Portugal.

Paço da Ega, Centro

Este palácio de sete camas é apenas o mais recente de uma série de estruturas arquitetônicas dramáticas que preencheram esse lote de 20.000 metros quadrados. Este foi um castelo templário do século 12 que se encontrava sobre uma antiga fortaleza mourisca, e segundo a sabedoria local também há alguns vestígios romanos por aqui (há quem diga que o castelo templário foi construído sobre ruínas romanas). Tarifa: cerca de US$ 4.000/noite para 14 pessoas.

Casa do Terreiro do Poço, Alentejo

Faça uma reserva nessa encantadora propriedade com 12 quartos na cidade de Borba, produtora de mármore -- que na verdade é composta por três casas senhoriais juntas, a mais antiga delas do século 17. Quando restauraram essas casas, em 2012, os donos da Casa do Terreiro do Poço combinaram detalhes históricos (afrescos, camas de dossel, molduras de portas de madeira esculpidas) com toques contemporâneos de todo o mundo (azulejos com padrões gráficos geométricos de Portugal, tapetes de pele de zebra da África). O resultado final? Interiores visualmente deslumbrantes que acenam inteligentemente para o passado imperial de Portugal. Tarifa: US$ 25.300 por três noites para 24 pessoas.

Casa das Torres de Oliveira, Vale do Douro

Chegar a esta propriedade saindo do Porto, a cidade grande mais próxima, requer uma pitoresca viagem de 90 minutos pelas estradas sinuosas do Vale do Douro. Quando os telhados vermelhos de suas duas torres surgem à vista, você sabe que chegou. Os seis quartos estão escassamente decorados para manter o foco nas camas antigas de madeira esculpida, nos retratos de aparência solene e nos tapetes de padrões elaborados. A casa data do século 15, quando o rei Alfonso V a concedeu a um nobre lorde galego, por isso há muitos detalhes históricos para descobrir, incluindo a capela barroca. Tarifa: US$ 5.700/noite para 12 pessoas.

Para entrar em contato com o repórter: Chadner Navarro em New York, navarro.chadner@gmail.com.

Para entrar em contato com a editora responsável: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net.

©2017 Bloomberg L.P.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos