Samsung aumenta aposta em automação de veículos

Gabrielle Coppola

(Bloomberg) -- A Samsung Electronics está aumentando sua aposta de US$ 8 bilhões na tecnologia automotiva ao formar uma unidade de negócios independente dentro da Harman para os produtos de direção autônoma e injetar US$ 300 milhões em um novo fundo que investe em startups desse campo.

A unidade de direção autônoma vai competir em todos os campos, de algoritmos de direção à integração de sistemas, disse Dinesh Paliwal, CEO da Harman, em entrevista por telefone. Isso incluirá uma plataforma avançada de assistência ao motorista com software aberto, para que engenheiros externos criem produtos a partir dela ? um ataque à Mobileye, que foi adquirida pela Intel neste ano em um movimento que refletiu o salto automotivo da Samsung.

"Nosso setor está literalmente gritando, dizendo: 'Adoramos a Mobileye, mas precisamos de uma plataforma aberta'", disse Paliwal. "A concorrência é a melhor coisa que existe. A indústria automotiva quer que façamos isso, e achamos que temos a capacidade e o combustível para isso."

A fabricante sul-coreana de smartphones, que arrebatou no ano passado a Harman International Industries, com sede nos EUA, por US$ 8 bilhões para entrar no mercado altamente competitivo da tecnologia automotiva, aposta que poderá combinar sua experiência em produtos eletrônicos para o consumidor com a presença da Harman nos painéis de veículos em todo o mundo. Se isso der certo, a companhia poderá oferecer às fabricantes de automóveis um sistema de conexão rápida para serviços de entretenimento e informação, mapeamento, concierge e condução autônoma ? sem as angústias competitivas que outros gigantes da tecnologia, como Apple e Google, da Alphabet, tendem a despertar.

Fundo de startups

John Absmeier, vice-presidente de máquinas inteligentes do Centro de Estratégia e Inovação da Samsung e ex-diretor do projeto de veículos autônomos da Delphi Automotive no Vale do Silício, vai comandar a nova unidade, que foi anunciada na quinta-feira no Salão do Automóvel de Frankfurt.

Para aumentar o acesso a novas tecnologias, a Samsung também está criando um fundo para investir em uma série de tecnologias necessárias para os carros autônomos e conectados, como sensores, visão computacional, inteligência artificial e segurança. O primeiro investimento estratégico do fundo será na TTTech, uma desenvolvedora de controles de segurança para sistemas autônomos.

No comunicado que anunciou a unidade, a Samsung teve o cuidado de observar que não entrará no negócio de fabricação de automóveis, posicionando-se como uma aliada não ameaçadora para as fabricantes de veículos. A Samsung recebeu em agosto uma licença da Califórnia para testar carros autônomos em vias públicas.

"Se não tivéssemos sido adquiridos pela Samsung, estaríamos em dificuldades daqui a cinco anos", disse Paliwal. "De agora em diante, tudo se resume à escala."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos