Bolsas

Câmbio

Análise: Se Hermès tropeçar, mercado global de luxo pode cair

Andrea Felsted

(Bloomberg) -- Bolsa nunca é demais.

A menos que você seja a Hermès International. O crescimento das vendas da empresa perdeu força no último trimestre de 2017 depois que a demanda crescente durante o ano todo deixou a empresa com pouco estoque de artigos de couro.

Este não é um problema ruim. Afinal, a Hermès está na invejável posição de poder retomar ou interromper a produção para retardar ou estimular a demanda. 

Mas o setor do luxo, como um todo, deve ter cautela. 

Em primeiro lugar, ocrescimento abaixo das estimativas das vendas de artigos de couro e seda - que foi especialmente fraco neste segundo caso -- poderia sugerir a redução dos gastos dos turistas na Europa devido à valorização da moeda única. Se for o caso, o sinal pode ser preocupante para outras grandes empresas do luxo. 

Em segundo lugar, como o Gadfly observou, o setor do luxo se sai melhor quando os mercados de ações avançam bem e os consumidores sentem que têm dinheiro para gastar.

As oscilações dos últimos dias podem minar a confiança de quem gasta com bens luxuosos. A reforma tributária dos EUA pode amortecer o impacto, mas é cedo demais para saber.

Como boa parte da recuperação recente da demanda por produtos de luxo foi alavancada pela China, o ritmo pode ter diminuído. O yuan registrou o maior recuo desde 2015 nesta semana, em parte devido a dados comerciais inferiores aos estimados -- sinal de possível tensão adicional para os viajantes da região. 

A LVMH e a Swatch Group afirmaram que a demanda chinesa continuava forte. Mas isso foi antes da recente turbulência global do mercado. 

Por enquanto, apesar de as vendas terem ficado abaixo das estimativas, a Hermès afirma que a rentabilidade operacional para o ano deve ficar próxima à do primeiro semestre, quando a margem atingiu um recorde de 34,3 por cento. 

Isso deve ajudar a marca a manter a vantagem em relação ao grupo de empresas de luxo da Bloomberg Intelligence -- a Hermès tem um dos maiores índices de preços/lucro estimados.

Por qualquer ângulo que se observe, Hermès é um ato de de classe. Se a empresa sentir os primeiros tremores, as marcas mais fracas devem ficar atentas. 

Esta coluna não reflete necessariamente a opinião da Bloomberg LP e de seus proprietários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos