ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 1.Ago.2018
Topo

Barcelona deve ultrapassar meta de receita de US$ 1,2 bi

Ed Ludlow e Esteban Duarte

21/02/2018 10h00

(Bloomberg) -- O clube de futebol espanhol FC Barcelona provavelmente atingirá a meta de vendas de 1 bilhão de euros (US$ 1,2 bilhão) antes do cronograma graças aos ganhos maiores com direitos de transmissão e ingressos, disse o presidente Josep Bartomeu.

A terceira maior equipe de futebol do mundo pode atingir 900 milhões de euros em receitas nesta temporada, salto de mais de 20 por cento em relação aos 12 meses anteriores, disse Bartomeu em entrevista à Bloomberg Television em Londres. O clube está perto de assinar um contrato de patrocínio para financiar uma reforma de suas instalações, inclusive de seu estádio, disse Bartomeu.

"Chegaremos a 1 bilhão de euros antes de 2021, o que é uma boa notícia para o clube", disse Bartomeu antes da partida contra o Chelsea pela Liga dos Campeões. "É um sinal de que a indústria do futebol está se expandindo, está crescendo e isso é bom para os fãs."

O Barcelona ocupa o terceiro lugar na lista anual da Deloitte em finanças do futebol, com receita de 648 milhões de euros na temporada 2016-2017, atrás do rival espanhol Real Madrid e do Manchester United. O clube britânico liderou a tabela com 676 milhões de euros em receitas, segundo a Deloitte, que realiza alguns ajustes para que os números sejam comparáveis.

A equipe catalã se viu no olho de uma tempestade política nos últimos meses quando líderes separatistas de sua região tentaram organizar uma separação do restante da Espanha. Muitos torcedores veem a equipe como símbolo do orgulho catalão e gritos de "in-de-pen-dên-cia" marcaram o ritmo dos jogos no estádio da equipe, o Camp Nou.
"Os patrocinadores não estão preocupados com isso", disse Bartomeu. "A principal preocupação dos jogadores é jogar e ser competitivos."

Bartomeu reiterou que o clube não venderia a estrela de 30 anos Lionel Messi por nenhum valor depois de inserir uma cláusula rescisória de 700 milhões de euros no contrato do jogador, em novembro passado. Bartomeu disse esperar que Messi renove o contrato atual de quatro anos quando expirar e "fique para sempre".

O Barcelona lidera a Liga Espanhola com sete pontos à frente do Atlético de Madri, e o Real Madrid está na quarta posição, mais 10 pontos atrás.

Mais Economia