ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 1.Ago.2018
Topo

Diageo quer mulheres na diretoria de agências de publicidade

David Hellier

22/02/2018 12h23

(Bloomberg) -- A Diageo, dona da marca de uísque Johnnie Walker e da cerveja stout Guinness, está intensificando os esforços para fomentar a paridade de gênero na indústria da publicidade exigindo que agências e produtoras de conteúdo sugiram pelo menos uma diretora como parte de qualquer proposta de trabalho.

A empresa de produtos de consumo está aderindo a uma iniciativa chamada Free the Bid, que busca dar mais voz às mulheres na publicidade, informou a Diageo, que tem sede em Londres, nesta quinta-feira. Menos de 7% dos diretores do setor são mulheres, e apenas 9% dos comerciais são dirigidos por mulheres, segundo a organização sem fins lucrativos.

"Este é um grande dia para a família Free The Bid e para todas as mulheres que estão prontas para serem ouvidas por uma marca comprometida com uma mudança real", disse Alma Har'el, que fundou o Free The Bid em 2016.

As marcas estão pressionando seus fornecedores para que melhorem sua diversidade, não apenas em termos de gênero, mas também de etnia. Cerca de 30% dos cargos executivos das agências de publicidade no Reino Unido são ocupados por mulheres, segundo a pesquisa de 2017 sobre diversidade do Instituto dos Profissionais de Publicidade (IPA, na sigla em inglês). A proporção contrasta com a de 23% de 2006, segundo o instituto.

Empresas de publicidade como a Grey, da WPP, criaram uma força-tarefa que abrange todo o setor no Reino Unido para fomentar a diversidade por meio de iniciativas como tutorias e auditorias regulares para monitorar o progresso.

"As ações que estamos tomando agora enquanto setor para melhorar a diversidade inevitavelmente começam a render frutos", disse a presidente do IPA, Sarah Golding, em janeiro. "É imperativo garantir que esse talento permaneça no setor e chegue aos cargos mais altos."

--Com a colaboração de Joe Mayes

Mais Economia