ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

UBS cria modelo com equipe espalhada pela Europa após Brexit

Patrick Winters

09/03/2018 12h12

(Bloomberg) -- O UBS Group manterá os serviços centrais de gerenciamento de risco e suporte em Frankfurt e a equipe de atendimento será colocada perto dos clientes em várias cidades europeias, o que representa o início da implementação dos planos pós-Brexit do banco de investimento.

"Optamos por um modelo mais descentralizado e planejamos aproveitar nosso UBS Europe e sua extensa rede de agências", disse o chefe de Investiment Bank, Andrea Orcel, em comunicado interno aos funcionários que foi confirmado pelo banco. "Isso poderia afetar uma pequena parte de vocês que atualmente trabalham em Londres."

Os bancos de investimento globais estão decidindo para onde transferir algumas operações após o Brexit, esperado para 2019. O UBS se inclinava por Frankfurt para a sede de trading, disseram pessoas a par dos planos da instituição em agosto, mas também são contempladas cidades como Madri e Amsterdã. No geral, o UBS, que tem sede em Zurique, busca manter "o máximo que pudermos no Reino Unido", disse Orcel em entrevista à Bloomberg TV em janeiro.

Os serviços centrais de gerenciamento de risco e suporte serão baseados em Frankfurt pela UBS Europe, uma entidade originalmente criada para as operações europeias de gestão de riqueza, com sucursais em Luxemburgo, Itália, Espanha, Áustria, Suécia e Dinamarca. A UBS Europe será combinada com a UBS Limited, que inclui operações de banco de investimento em Londres, até março do ano que vem, segundo o comunicado interno.

Orcel sublinhou que "ainda há muita incerteza em torno do Brexit, particularmente no que se refere a acordos políticos" e que o banco ainda trabalha nos detalhes e no momento de agir.

Mais Economia