PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Parceira do Walmart ajuda funcionários a gerenciar finanças

Matthew Boyle

20/07/2018 15h06

(Bloomberg) -- Os funcionários do Walmart adotaram ferramentas de gerenciamento financeiro da Even Responsible Finance a um ritmo mais rápido do que o previsto, levando a uma nova rodada de financiamento para a expansão da startup de tecnologia financeira.

Mais de 200.000 funcionários do Walmart nos EUA usam o aplicativo da Even para gerenciar suas finanças ou para ter acesso antecipado aos seus salários, informou a startup com sede em Oakland, nos EUA, em comunicado, na quinta-feira, e quase metade do grupo utiliza o app todos os dias. Os resultados são melhores do que os projetados pela Even, o que despertou o interesse de outros grandes empregadores e resultou em uma rodada de financiamento de US$ 40 milhões liderada pela Khosla Ventures, a empresa de capital de risco que também apoia o serviço de entregas de supermercado Instacart e a fabricante de foguetes Rocket Lab.

"Estamos muito surpresos com a aceitação -- esperávamos chegar a 200.000 até o fim do ano", disse Jon Schlossberg, CEO da empresa, em entrevista. "O resultado é muito superior ao que esperávamos no tocante ao engajamento."

Sem economias

O Walmart firmou parceria com a Even e com outra startup de tecnologia financeira, a PayActiv, em dezembro. O acordo permite que os cerca de 1,5 milhão de funcionários do Walmart nos EUA tenham acesso ao salário antes do dia do pagamento, evitando assim a devolução de cheques e provedores de créditos consignados.

Cerca de três de cada quatro funcionários de tempo integral contam apenas com o salário para viver, segundo o website CareerBuilder, e estudos do Federal Reserve mostram a ausência de economias de emergência em muitos lares americanos.

Daniel Eckert, vice-presidente sênior de serviços e aceleração digital do Walmart, disse no comunicado que o serviço é um "enorme benefício" que ajuda a diferenciar o empregador.

A adoção do aplicativo financeiro da Even -- que se conecta diretamente às contas bancárias e calcula os gastos iminentes para mostrar aos usuários o quanto podem gastar em um determinado momento -- pelo Walmart atraiu o interesse de outras grandes empresas que gostariam de oferecer o serviço aos funcionários, disse Schlossberg, que preferiu não identificar nenhuma delas. A impossibilidade de honrar uma despesa inesperada para consertar o carro ou por gastos médicos pode fazer um trabalhador de baixa renda entrar em uma espiral de endividamento e trabalhadores sob pressão financeira podem ser menos engajados e menos produtivos.

O que surpreende no engajamento no Walmart é que não são apenas os funcionários que trabalham por hora e de salários mais baixos, como os caixas, que usam as ferramentas de gerenciamento financeiro, disse Schlossberg. O número de funcionários assalariados que adotam a ferramenta da Even é até mais elevado, disse. O funcionário típico do Walmart verifica o orçamento no app da Even quatro dias por semana.

O Walmart subsidia cerca de 25 por cento da taxa de assinatura mensal da Even, que Schlossberg preferiu não informar. Segundo ele, o serviço é "mais barato doque a Netflix", que cobra US$ 14 por mês pelo serviço premium nos EUA.