PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Google se junta a bancos para lançar empréstimo digital na Índia

Getty Images
Imagem: Getty Images

Saritha Rai

28/08/2018 13h01

(Bloomberg) -- O Google, da Alphabet, está fazendo parceria com quatro bancos indianos para conceder empréstimos ao consumidor pela internet, enquanto a luta pelo mercado financeiro digital de US$ 1 trilhão se intensifica.

A gigante de buscas dos EUA está formando uma parceria com o HDFC Bank, o ICICI Bank, o Kotak Mahindra Bank e o Federal Bank para oferecer empréstimos instantâneos e pré-aprovados a clientes "diretamente pelo Google Pay em questão de segundos", anunciou em uma declaração.

Leia também:

Do WhatsApp, do Facebook, à Ant Finance, de Jack Ma, gigantes da internet estão entrando na corrida para fornecer serviços financeiros na arena móvel que mais cresce no mundo. A concessão de empréstimos pela internet está se tornando a próxima fronteira à medida que usuários de aparelhos móveis buscam pequenos empréstimos com o mínimo de burocracia, que são concedidos mesmo sem classificações de crédito, já que as empresas de tecnologia financeira usam dados e algoritmos para identificar riscos.

A empresa com sede em Mountain View, na Califórnia, renomeou seu aplicativo Tez, que foi feito na Índia e lançado em setembro, como Google Pay -- o rótulo que abarca seus serviços de pagamentos. Os usuários do aplicativo podem obter um empréstimo personalizado e receber o dinheiro diretamente na conta bancária. Agora, a companhia pretende levar suas inovações e seus recursos para outros mercados.

"Aprendemos que, quando criamos para a Índia, criamos para o mundo", disse Caesar Sengupta, vice-presidente da iniciativa do Google Next Billion Users e do Payments, no evento "Google for India" em Nova Déli, na terça-feira (28).

Mais de 55 milhões de pessoas em mais de 300 mil cidades e povoados fizeram o download do aplicativo de pagamentos do Google para comprar passagens de ônibus, dividir a conta do jantar com amigos ou pagar o mecânico, totalizando US$ 30 bilhões em transações anuais, segundo o Google. O mercado global deverá se expandir de US$ 200 bilhões atualmente para US$ 1 trilhão até 2023, de acordo com o Credit Suisse Group.

O gigante das buscas também anunciou outras iniciativas, como a expansão de seu programa de acesso à internet Google Station para 12 mil povoados e cidades do estado Andra Pradexe, no sul do país; mais conteúdo em idioma indiano por meio de um esforço de publicação chamado Project Navlekha; e um novo recurso no Google Go que permite que os usuários ouçam o conteúdo de sites em inglês e em cinco idiomas indianos.

Se não sabe responder a estas 5 questões, será muito difícil ficar rico

UOL Notícias