PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Gates abre fundo de investimento de US$ 116 mi em energia verde

Jonathan Tirone

17/10/2018 14h30

(Bloomberg) -- A Breakthrough Energy Ventures, o fundo voltado a startups fundado pelo bilionário Bill Gates, criou um fundo de investimentos de 100 milhões de euros (US$ 116 milhões) para ajudar empresas europeias a desenvolver tecnologias não poluentes.

"Precisamos de novas tecnologias para evitar os piores impactos da mudança climática", disse Gates, em Bruxelas, onde se reuniu com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker. "Os cientistas e empreendedores que estão desenvolvendo inovações para enfrentar a mudança climática precisam de capital para criar empresas capazes de fornecer essas inovações ao mercado global."

O Breakthrough Energy, um fundo de US$ 1 bilhão criado por Gates em 2016, foi fundado para buscar inovações tecnológicas necessárias para evitar uma mudança climática que representam um tiro no escuro, ou seja, que são arriscadas demais para os capitalistas de risco. Entre os demais investidores estão o fundador da Amazon, Jeff Bezos, e o fundador da Alibaba, Jack Ma. Michael Bloomberg, fundador da Bloomberg LP, também forneceu capital semente para a Breakthrough.

"A escala e a velocidade do que é necessário para atingir nossas metas climáticas exige um pensamento inovador e uma ação ousada", disse Maros Sefcovic, vice-presidente da Comissão Europeia para a União da Energia, em comunicado. "Esse novo veículo de investimento público-privado não apenas está sendo criado em tempo recorde, mas também servirá de exemplo da nossa união de forças para acelerar uma inovação revolucionária."

A Breakthrough Energy informou no mês passado que assumiu participações em empresas focadas em energia de fusão, armazenamento de energia e biotecnologias. O fundo europeu deve começar a operar no próximo ano. Metade de seu patrimônio virá da Breakthrough, e a outra metade, do programa InnovFin, da UE.