PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Delta Air Lines substitui canudos de plástico por bambu e madeira

Erik S. Lesser/EPA/Efe - 30.abr.2007
Imagem: Erik S. Lesser/EPA/Efe - 30.abr.2007

Natasha Rausch

24/10/2018 14h16

(Bloomberg) -- A Delta Air Lines deixará de oferecer canudos e palitos de plástico vermelho em seus aviões e salas de espera dos aeroportos, seguindo o exemplo das medidas tomadas por outras empresas aéreas importantes neste ano para reduzir o lixo plástico.

A iniciativa eliminará 140 toneladas de resíduos plásticos por ano --o equivalente ao peso de cerca de duas aeronaves Boeing 757, informou a Delta em comunicado, nesta quarta-feira. A empresa aérea substituirá canudos e palitos de plástico por palitos de bambu e de madeira de bétula. Canudos compostáveis serão fornecidos apenas se os clientes pedirem.

A empresa aérea já iniciou a substituição em seus Sky Clubs e começará a trocar os itens nos aviões a partir de meados do ano que vem, informou a empresa. A Delta está reduzindo também outros itens de plástico descartável, como embalagens e utensílios, e o uso de isopor na lanchonete da sede da empresa, em Atlanta.

"A redução do plástico descartável é uma extensão natural do trabalho que fazemos há anos para encabeçar os esforços do setor para reduzir nosso impacto no meio ambiente", disse Christine Boucher, diretora-gerente de meio ambiente global, sustentabilidade e conformidade da Delta.

O lixo plástico tem sido atacado em todo o mundo por contribuir para a poluição dos oceanos e por causar danos em pássaros e animais marinhos. A Alaska Air Group começou a eliminação gradual de itens de plástico em maio, exemplo seguido pela American Airlines Group em julho.