ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Glencore ganhará muito dinheiro com carvão no ano que vem

Thomas Biesheuvel

31/10/2018 14h20

(Bloomberg) -- O negócio de produção de carvão da Glencore ofuscará a unidade de cobre no ano que vem e se tornará a operação mais rentável da maior trading de commodities do mundo.

Mesmo chamando tanta atenção com suas minas voltadas a veículos elétricos, de metais como níquel, cobre e cobalto, a Glencore continuou comprando mais ativos de carvão e adicionou as operações australianas da rival Rio Tinto a seu portfólio neste ano. Junto com o aumento dos preços do carvão, isso elevará o lucro para US$ 6,2 bilhões no ano que vem, segundo uma apresentação.

O lucro com a produção de carvão ofuscará os ganhos do cobre - que, segundo previsão dos analistas, será de cerca de US$ 5,5 bilhões -- pela primeira vez desde que a trading vendeu ações em Londres, em 2011.

As produtoras de carvão vêm lucrando com o aumento do preço do mais poluente dos combustíveis. Esses ganhos vêm sendo sustentados pela crescente demanda chinesa por carvão importado de alta qualidade, enquanto muitos integrantes do setor de mineração relutam em construir capacidade nova em um momento em que bancos e investidores estão evitando o setor.

A Glencore afirmou que seu lucro recorde com o carvão será impulsionado pelo aumento de quase 10 por cento nas exportações, enquanto os custos cairão de US$ 52 para US$ 49 por tonelada.

Mais Economia