PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Boeing e Airbus dividem encomenda de US$ 5 bi de aérea japonesa

Kyunghee Park

29/01/2019 14h45

(Bloomberg) -- A Boeing e a Airbus dividiram uma encomenda de US$ 5 bilhões da ANA Holdings por 48 aviões de corredor único. A maior empresa aérea do Japão está expandindo sua frota em meio à concorrência cada vez maior no mercado da região Ásia-Pacífico.

A ANA comprará 20 aeronaves Boeing 737 Max 8, com opção de mais 10, a um preço de tabela de 383 bilhões de ienes, além de 18 aeronaves Airbus A320neo a 166 bilhões de ienes, informou a aérea em um comunicado nesta terça-feira. Este são os preços sem os descontos normalmente aplicados a grandes encomendas. Os aviões serão entregues até março de 2026.

As empresas aéreas asiáticas estão aumentando a frota para atender à crescente demanda por viagens, que deverá dobrar nas próximas duas décadas porque o crescimento econômico e o surgimento de empresas aéreas de baixo custo estão tornando os voos mais acessíveis. A Boeing prevê que a região precisará de 16.930 novos aviões até 2037 para atender ao aumento.

Em separado, a ANA Holdings anunciou um plano para assumir uma participação na empresa aérea de bandeira das Filipinas. A companhia busca mercados internacionais para crescer mais rapidamente.

A ANA Holdings investirá US$ 95 milhões em uma participação de 9,5 por cento na PAL Holdings, a companhia controladora da Philippine Airlines, informaram as empresas em um comunicado conjunto. A companhia aérea japonesa está adquirindo a participação da família de Lucio Tan, o maior acionista da PAL, e não considera realizar mais investimentos.

--Com a colaboração de Benjamin D. Katz.