PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Nova bolsa de valores de Wall Street escolhe veterano como CEO

Nick Baker

27/02/2019 15h31

(Bloomberg) -- Jonathan Kellner, um veterano da corretora Instinet, foi escolhido para dirigir a bolsa de valores norte-americana que está sendo criada por alguns dos maiores operadores de Wall Street.

Ele assume imediatamente o cargo de CEO da Members Exchange, de acordo com um comunicado divulgado nesta quarta-feira.

Kellner passou mais de uma década na Instinet, da Nomura Holdings, administrando sua divisão de trading dos EUA antes de ocupar o cargo de CEO de 2014 a 2018. Ele saiu no ano passado, com a intenção de administrar a iniciativa da bolsa de criptomoedas Coinbase para angariar mais negócios de clientes institucionais, mas isso caiu por terra quando a Coinbase reduziu o projeto.

A Members Exchange tem grandes ambições: quer arrebatar negócios da Bolsa de Valores de Nova York, da Nasdaq e da Cboe Global Markets, as três operadoras dominantes do país. Kellner tem experiência no setor e aproveitará ventos favoráveis, porque os nove fundadores da MEMX - incluindo Citadel Securities, Virtu Financial e Morgan Stanley - estão entre os maiores traders nos EUA. A Citadel Securities e a Virtu por si só respondem por cerca de 40 por cento do volume total no maior mercado de ações do mundo.

Há muito trabalho a ser feito antes da abertura do MEMX, incluindo conseguir a aprovação da Comissão de Valores Mobiliários, montar a tecnologia e contratar funcionários.

"A ideia é estar funcionando no final de 2019 ou no início de 2020", disse o CEO da Virtu, Doug Cifu, membro do conselho da MEMX, a analistas durante uma teleconferência no início do mês. A MEMX está sendo criada porque o setor está insatisfeito com os valores que a NYSE, a Nasdaq e a Cboe cobram pelos dados de mercado e por outros serviços.

"Eu sei que tem alguns críticos por aí, gente que está desconfiada", disse Cifu. "Mas, no fim das contas, imagine um setor em que praticamente todos os clientes disseram: 'não gostamos da forma como você está conduzindo o negócio. Você está nos cobrando demais e, portanto, vamos montar um concorrente'."