PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Receita da chinesa JD.com surpreende graças a Dia dos Solteiros

Bloomberg News

28/02/2019 14h04

(Bloomberg) -- Apesar da desaceleração da economia chinesa, a receita da JD.com no quarto trimestre de 2018 superou expectativas. As promoções do Dia dos Solteiros ajudaram a varejista online ? que tem a retaguarda do Google ? a enfrentar a concorrência.

As vendas no trimestre atingiram 134,8 bilhões de yuans (US$ 20,2 bilhões), enquanto a projeção média era de 132,5 bilhões de yuans. Para o trimestre atual, a empresa sediada em Pequim estima receita entre 118 bilhões e 122 bilhões de yuans, enquanto a expectativa do mercado é 118,9 bilhões.

Os números foram apresentados em um momento crítico para a gigante de e-commerce, que investiu pesado em galpões e redes de distribuição, mas agora enfrenta a freada dos gastos do consumidor chinês.

Seu modelo de negócios depende de uma classe média em ascensão e disposta a pagar mais por entregas rápidas e outros serviços. No entanto, tensões comerciais e o desaquecimento da economia doméstica levaram usuários a optar por rivais mais baratas, como a Pinduoduo.

"A JD vê continuidade do crescimento sólido em 2019 e divulgou sólido crescimento do valor bruto das mercadorias em janeiro", escreveu Natalie Wu, analista da CICC, em relatório enviado a clientes antes da divulgação do balanço. "Ainda não se sabe se os dados robustos são sinal de recuperação ou apenas efeito do Ano Novo Chinês."

O bilionário fundador da JD, Richard Liu, foi acusado de estupro no ano passado, mas não foi indiciado. A empresa ainda não registrou lucro líquido anual, mas tomou providências neste sentido, desmembrando a divisão financeira e vendendo ações da divisão de logística para financiar a expansão. A companhia também andou reduzindo despesas e pretende eliminar 10 por cento das vagas no alto escalão. Por outro lado, prometeu contratar 15.000 funcionários em uma época em que a previsão dos analistas é de menor crescimento das vendas.

O prejuízo das operações contínuas foi de 4,8 bilhões de yuans no último trimestre.

To contact Bloomberg News staff for this story: David Ramli em Pequim, dramli1@bloomberg.net

Economia