PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Venda de sorgo americano para China gera otimismo nos EUA

Shruti Date Singh e Megan Durisin

07/03/2019 14h51

(Bloomberg) -- Os EUA venderam o primeiro carregamento de sorgo para a China em mais de seis meses, gerando otimismo com a possibilidade de o país asiático retomar a compra de mais produtos agrícolas americanos além da soja.

As remessas para a China, o maior mercado do grão usado como ração e para elaborar uma bebida alcoólica chamada baijiu, foram interrompidas repentinamente no ano passado depois que o país aplicou tarifas, em uma das primeiras salvas da guerra comercial. No período de uma semana terminado em 28 de fevereiro, a China comprou 65.000 toneladas em sua primeira aquisição de sorgo desde meados de agosto, informou o Departamento de Agricultura dos EUA na quinta-feira.

"Queremos que esse mercado volte a se abrir para a produção americana", disse Wyatt Brummer, vice-presidente da Scoular, empresa com sede em Omaha, Nebraska, que administra o trading de produtos agrícolas, como o sorgo. "O mercado verá isso como ponto de partida para o complexo agrícola como um todo."

No ano passado, a China aplicou tarifas a uma série de produtos agrícolas dos EUA e a soja se transformou no ponto nevrálgico das tensões comerciais. As vendas para exportação despencaram e foram retomadas apenas depois que os presidentes Donald Trump e Xi Jinping convocaram uma trégua comercial, em dezembro.

--Com a colaboração de Michael Hirtzer.

Repórteres da matéria original: Shruti Date Singh em Chicago, ssingh28@bloomberg.net;Megan Durisin em Chicago, mdurisin1@bloomberg.net