Topo

Barneys New York abre suas portas para ricos amantes da maconha

Edvard Pettersson

21/03/2019 12h52

(Bloomberg) -- A Barneys New York abrirá suas portas para os amantes da cannabis - no sul da Califórnia.

Sinônimo de ricos habitantes de Manhattan de certo status financeiro, a varejista de luxo decidiu agraciar o litoral oeste dos EUA com sua primeira oferta de apetrechos caros e elegantes destinados a combinar com o estilo de vida ocasionalmente entorpecente de alguns clientes da Barneys.

Agora que está prestes a abrir, decidimos dar uma olhadinha lá. No quinto andar da loja de Beverly Hills, depois do departamento de calçados masculinos, o setor apelidado de "The High End" oferece diversos produtos exclusivos, como bongs de vidro soprados artesanalmente que custam US$ 1.100, moedores de maconha de US$ 1.400 (não é brincadeira) e sedas artesanais francesas. Tudo é exibido com elegância em vitrines e prateleiras em um ambiente previsivelmente relaxado e minimalista.

Esta é a primeira incursão da loja de luxo na cultura da cannabis, que decolou rapidamente desde que a Califórnia permitiu a venda de maconha com fins recreativos no ano passado. Até mesmo em uma cidade bastante séria como Beverly Hills, à noite o cheiro de maconha vindo de casas vizinhas e ao longo das calçadas pode ser detectado com frequência junto com o aroma da flor de jasmim.

Matthew Mazzucca, diretor criativo da Barneys, disse que "começou a ver essa mudança cultural em Los Angeles, e isso realmente parecia uma oportunidade".

A iniciativa da Barneys poderia começar uma nova etapa da normalização do consumo de maconha nos EUA. Em todo o país, empresas de maconha têm surgido à medida que os estados legalizam o uso médico e recreativo da cannabis. Embora ainda exista um conflito de leis, porque o governo federal continua proibindo a erva, a economia da maconha está florescendo.

Agora você pode adicionar a isso um segmento que atende ao usuário de maconha endinheirado. À medida que Nova York se aproxima da legalização total, lojas como a Higher Standards, inaugurada no Chelsea Market de Manhattan no final do ano passado, oferecem itens essenciais, como um cachimbo de vidro em forma de skate que custa US$ 6.000. O High End vai operar neste rarefeito mundo da maconha.

Mas não fique entusiasmado demais. A Barneys não venderá produtos de maconha em si, embora os clientes possam encomendar uma variedade de cigarros de maconha já enrolados que vêm em embalagens atraentes, canetas vaporizadoras e itens comestíveis da Beboe para entrega em domicílio. Estes produtos destinam-se a adultos altamente funcionais e fornecem doses suaves, de acordo com o cofundador da Beboe, Scott Campbell. Representantes de sua empresa estarão na Barneys para ajudar os clientes a levar sua maconha para casa.

"Produzimos o melhor produto possível, sem levar em conta quanto custa para fabricar, e o apresentamos de um modo muito cuidadoso e considerado", disse Campbell. "A cannabis é algo que muitas pessoas estão encontrando pela primeira vez, especialmente neste contexto, e a apresentação é muito importante."

Economia