PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Cerberus tenta captar US$ 3 bi para fundo de private equity

Gillian Tan

22/05/2019 14h25

(Bloomberg) -- A Cerberus Capital Management está lançando seu primeiro fundo focado apenas em private equity, diante do fluxo de investimentos nesta classe de ativos.

A empresa, com sede em Nova York, tenta captar US$ 3 bilhões para o fundo, segundo pessoas com conhecimento do assunto, que pediram para não serem identificadas porque o assunto ainda é confidencial. A empresa já teria conseguido acordos com alguns investidores, disseram as pessoas.

A iniciativa marca uma mudança para a Cerberus, que historicamente investiu em private equity por meio de fundos de múltiplas estratégias, e chega em um momento oportuno. Os investidores estão otimistas em relação ao potencial de retorno para essa classe de ativos, o que ajudou as empresas a captarem U$ 432 bilhões no ano passado.

Um representante da Cerberus não quis comentar.

Os fundos multiestratégia da empresa normalmente têm mandatos que dão flexibilidade para investir em vários ativos, que também incluem empréstimos de risco, títulos hipotecários e dívida distressed. A Cerberus captou US$ 4 bilhões para a sexta versão de seu principal fundo em 2017. No mês passado, levantou US$ 5,1 bilhões para seu primeiro fundo de empréstimos de risco.

Fundada em 1992 por Steve Feinberg e William Richter, a Cerberus administra US$ 39 bilhões em ativos que incluem crédito, private equity e propriedades, segundo dados do site da empresa. Os investimentos de alto perfil pré-crise da Cerberus incluem participações na Chrysler e na GMAC, o antigo braço de financiamento da General Motors; entre os investimentos atuais estão Avon Products e a rede de supermercados Albertsons.