IPCA
-0.04 Set.2019
Topo

Bilionários


Fortuna de Trump sobe para U$ 3 bi mesmo com negócios em baixa

O presidente dos EUA, Donald Trump - Carlos Barria/Reuters
O presidente dos EUA, Donald Trump Imagem: Carlos Barria/Reuters

Shahien Nasiripour e Caleb Melby

12/06/2019 09h25

(Bloomberg) -- O patrimônio líquido do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aumentou para US$ 3 bilhões, uma valorização de 5% em relação ao ano passado, graças a um salto no valor de edifícios de escritórios que ele chegou a processar no passado.

O aumento da fortuna de Trump reverte dois anos de declínio e traz seu patrimônio líquido de volta aos níveis de 2016, segundo dados compilados pelo Índice de Bilionários Bloomberg com base em informações de bancos, registros de propriedade, comunicados à SEC, dados de mercado e um relatório financeiro. A valorização do patrimônio ocorre apesar dos contratempos em sua empresa familiar, como o cancelamento de duas novas redes de hotéis e queda do movimento em seu resort Mar-a-Lago, na Flórida, e sete campos de golfe.

O aumento do patrimônio de Trump mostra quão dependente sua fortuna se tornou de Steven Roth, amigo que comanda a Vornado Realty Trust. A participação de 30% de Trump em duas propriedades da Vornado - a torre na 1.290 Avenida das Américas, no centro de Manhattan, e um complexo de escritórios conhecido como Bank of America Center, na 555 California St., no distrito financeiro de São Francisco - responde por um quarto de sua fortuna. Sua parceria com a Vornado, que detém os 70% restantes, resultou de uma série de transações imobiliárias que Trump chegou a processar para impedir que fossem realizadas.

Aceitar o acordo acabou sendo lucrativo. No ano passado, a participação de Trump nas duas propriedades teve valorização de 33% em relação ao ano anterior, para US$ 765 milhões, graças à queda das taxas de capitalização de escritórios e um aumento do lucro líquido. Uma queda das taxas de capitalização do mercado, que acompanham os preços dos imóveis em relação ao lucro líquido obtido, pode indicar uma demanda crescente, aumentando os valuations.

A participação de Trump nos edifícios da Vornado eclipsa o valor combinado de seus campos de golfe e resorts, e agora respondem pela maior parte de sua fortuna. O valor dos campos de golfe e dos clubes caiu 19%, para US$ 525 milhões, sob o impacto da queda da demanda.

Amanda Miller, porta-voz da Trump Organization, e Alan Garten, diretor jurídico, não responderam às mensagens em busca de comentários, tampouco o gabinete de imprensa da Casa Branca.

Mais Bilionários