IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Número de negros com casa própria nos EUA cai para nível recorde

Prashant Gopal

26/07/2019 12h29

(Bloomberg) -- O setor habitacional dos Estados Unidos está dividido segundo a identidade racial: o número de negros com casa própria no país é o mais baixo desde pelo menos 1970, apenas dois anos após a aprovação da lei federal Fair Housing Act.

A proporção de negros americanos com casa própria era de 40,6% no segundo trimestre, abaixo dos 41,6% um ano antes e a menor parcela desde que o Censo começou a coletar dados de forma consistente há quase 50 anos. As taxas para todos os outros grupos minoritários também caíram, enquanto a proporção de brancos com casa própria subiu ligeiramente, para 73,1%.

A diferença está aumentando, em parte, porque locatários nos EUA enfrentam uma falta de imóveis acessíveis, já que os preços da primeira casa própria sobem todos os anos. No segundo trimestre, o número de pessoas com casa própria no país caiu para o menor nível desde 2017, e o total de novos proprietários subiu em apenas 585 mil, um terço do nível do ano anterior e o menor aumento desde 2006.

"As tendências no ritmo de aquisição de imóveis refletem um abismo racial mais amplo sobre quem pode comprar o sonho americano", disse Ralph McLaughlin, vice-economista-chefe da CoreLogic, em entrevista por telefone. "Negros proprietários de casas são muito mais raros hoje do que em qualquer outra época nos últimos 50 anos."

Os negros perderam terreno desde a promulgação do Fair Housing Act de 1968 para proteger as minorias contra a discriminação na venda, aluguel e financiamento de residências.

--Com a colaboração de Sydney Price.

Economia