IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Fabricante de chás do Vietnã quer se tornar nova Red Bull

K. Oanh Ha e Xuan Quynh Nguyen

15/10/2019 07h38

(Bloomberg) — Sete anos depois de recusar uma oferta de US$ 2,5 bilhões da Coca-Cola, a maior empresa doméstica de bebidas do Vietnã busca um parceiro estratégico que possa investir US$ 3 bilhões para ajudar a torná-la a nova Red Bull.

A Tan Hiep Phat Beverage Group, conhecida como THP, está aberta a fusões e aquisições para se tornar uma das principais fabricantes de bebidas da Ásia, disse Tran Qui Thanh, fundador da empresa de capital fechado, em entrevista. A empresa pretende expandir as vendas nos países vizinhos do Sudeste Asiático, depois de ter investido US$ 500 milhões em três novas fábricas no Vietnã, disse o empresário.

"É crucial encontrar o parceiro certo com a mesma visão", disse Thanh, 66 anos, que comanda a empresa com as duas filhas. "Não precisamos de dinheiro. Estamos procurando expertise do setor para que possamos nos desenvolver juntos."

A THP, cujo Zero Degree Green Tea levou a empresa à liderança do mercado de chá engarrafado do Vietnã - a marca vende mais que os chás da Coca-Cola e da PepsiCo no país -, tem conseguido aumentar as vendas em um país onde mais de 96 milhões de pessoas agora são consumidores da classe média. A empresa atrai uma geração mais jovem de consumidores preocupados com a saúde que preferem chás e bebidas naturais.

A empresa também fabrica uma bebida energética que, segundo a THP, é mais adequada para os gostos dos vietnamitas e asiáticos - menos doce, mas ainda com a dose de cafeína. A empresa espera usar a bebida para ganhar mais mercado na Ásia, juntamente com seus chás, e competir com a Red Bull.

A THP é a maior fabricante de bebidas não alcoólicas do Vietnã, superada apenas por uma joint venture de bebidas entre a PepsiCo e a Suntory Holdings. Ainda assim, a presença da THP no sudeste da Ásia ainda é pequena. A empresa vendeu cerca de 510 milhões de litros de bebidas no ano passado, segundo a empresa de pesquisa Euromonitor International. Em comparação, a unidade da Danone na Indonésia é a maior fabricante de bebidas no maior mercado do Sudeste Asiático e vendeu cerca de 5,3 bilhões de litros no ano passado, de acordo com a Euromonitor.

—Com a colaboração de Craig Giammona.

Repórteres da matéria original: K. Oanh Ha em Hong Kong, oha3@bloomberg.net;Xuan Quynh Nguyen Hanoi, xnguyen20@bloomberg.net

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia