PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Fundo soberano da Noruega exclui Vale e Eletrobras do portfólio

Gerson Freitas Jr. e Vinícius Andrade

13/05/2020 10h15

(Bloomberg) -- O maior fundo soberano do mundo retirou Vale e Eletrobras de seus investimentos devido a preocupações ambientais e de direitos humanos.

O Norges Bank Investment Management disse em comunicado que excluiu a Vale do fundo de pensão de US$ 1 trilhão da Noruega após os rompimentos de barragens que mataram centenas de pessoas e causaram danos ao meio ambiente. A Eletrobras foi retirada devido ao "risco inaceitável" de que a companhia contribua para violações graves ou sistemáticas de direitos humanos.

A Vale não comentou. A Eletrobras não respondeu a um pedido de comentário por e-mail fora do horário comercial.

A decisão do Norges Bank atinge em cheio a Vale, que tem tomado medidas para melhorar a imagem depois do colapso da barragem em Brumadinho, que matou 270 pessoas no início de 2019. A mineradora trocou o presidente, se comprometeu em descomissionar barragens de maior risco e construiu uma unidade de tratamento para despoluir reservas hídricas afetadas.

No caso da Eletrobras, a decisão é uma consequência de problemas associados à usina de Belo Monte, um projeto marcado pela forte oposição de grupos ambientais e um escândalo de corrupção. O Conselho de Ética do Norges disse que o projeto levou à "maior pressão sobre terras indígenas, desintegração das estruturas sociais dos povos indígenas e deterioração de seus meios de subsistência", com cerca de 20 mil pessoas deslocadas pela barragem. O conselho também disse que a elétrica esteve envolvida em outros projetos criticados por violações de direitos humanos.

O fundo soberano da Noruega possuía US$ 375 milhões em ações da Vale no fim de 2019, de acordo com os dados mais recentes disponíveis no site do Norges Bank Investment Management. Também possuía US$ 53 milhões em ações e US$ 21 milhões em títulos da Eletrobras.

Outras empresas excluídas do fundo foram a Canadian Natural Resources, Cenovus Energy, Suncor Energy e Imperial Oil devido a preocupações sobre emissões de carbono. A ElSewedy Electric também foi excluída devido à participação da empresa no desenvolvimento de um projeto hidrelétrico na Tanzânia.

©2020 Bloomberg L.P.