PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Walmart quer quadruplicar unidades do Sam's Club na China

Jinshan Hong

20/05/2020 14h33

(Bloomberg) -- O Walmart planeja expandir seu clube de compras Sam's Club na China para 100 unidades nos próximos oito anos, em um ambicioso plano de crescimento após a pandemia de coronavírus.

A unidade chinesa da varejista com sede em Bentonville, Arkansas, anunciou o objetivo aos funcionários em reunião na quarta-feira, segundo pessoas com conhecimento do assunto, que falaram sob condição de anonimato.

O Walmart, que divulgou desempenho trimestral impressionante na terça-feira, é um dos poucos vencedores da crise de coronavírus que transformou os hábitos de vida e prejudicou diversos setores, da aviação ao luxo. Com bloqueios e medidas de distanciamento social impostos por governos, consumidores fazem compras motivadas por pânico e também cozinham mais em casa, o que aumenta as vendas do Walmart no mundo todo.

Atualmente, o Walmart opera 26 unidades do Sam's Club na China. Diferentemente do foco na simplicidade e compras em grandes quantidades nos EUA, a versão chinesa da rede vende alimentos importados e sofisticados para consumidores da classe média.

Com chineses cada vez mais ricos em busca de produtos de qualidade, a receita do Sam's Clubs cresceu em ritmo mais rápido do que a da rede de mais de 400 lojas Walmart que vendem mantimentos básicos localmente. A rival Costco Wholesale abriu a primeira loja na China em agosto passado para multidões animadas e planeja a terceira loja.

Um porta-voz do Walmart China não respondeu a um e-mail com pedido de comentário sobre os planos de expansão do Sam's Club.

©2020 Bloomberg L.P.