PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Cresce demanda por aparelhos de luz ultravioleta que mata vírus

David Verbeek e Richard Weiss

27/05/2020 13h08

(Bloomberg) -- Com medidas de isolamento sendo suspensas em diversos países, empresas como hotéis e operadoras de ônibus buscam formas de evitar expor clientes e funcionários ao patógeno. Algumas apostam que uma possível solução pode ser a luz ultravioleta.

A Dr. Hoenle, com sede em Graefelfing, na Alemanha, tem valor de mercado de 240 milhões de euros. Com apenas 108 milhões de euros (US$ 118 milhões) em vendas, as ações da empresa deram um salto de 30% na segunda-feira depois que a mídia alemã divulgou projeto de pesquisa da empresa afirmando que o coronavírus "pode ser morto com segurança em segundos" com suas lâmpadas que emitem luz ultravioleta. Desde então, as ações reduziram os ganhos para 16% na semana.

Soluções de desinfecção à base de luz ultravioleta para clientes de embalagem e processamento de alimentos, como Tetra Pak e Krones, responderam por cerca de 5 milhões de euros, ou 5% das vendas da Dr. Hoenle em 2019. Clientes de diversos setores têm procurado a Dr. Hoenle por seus ventiladores, lâmpadas e caixas de esterilização desde o início da pandemia e ainda mais desde que a empresa publicou descobertas do projeto na semana passada, disse o diretor financeiro da empresa, Norbert Haimerl, em entrevista.

A participação da Dr. Hoenle no mercado global de desinfecção por luz ultravioleta não passa de 5%, segundo o analista da Warburg, Malte Schaumann.

A demanda de clientes vem de setores como varejistas, hospitais e empresas de transporte, que buscam esterilizar ônibus e trens, e operadores de hotéis que desejam usar os dispositivos para desinfetar salas inteiras, informou o diretor financeiro. "Com algumas empresas, estamos conversando sobre pedidos de várias centenas ou até mil dispositivos", acrescentou o executivo, que espera fechar alguns dos pedidos a partir do próximo mês.

Por causa das incertezas associadas à crise do coronavírus, a Hoenle havia colocado muitos dos seus cerca de 600 trabalhadores sob o programa de ajuda do governo. Com o novo impulso, Haimerl planeja tirar toda a equipe de vendas dos programas de ajuda salarial no início de junho e poderá fazer o mesmo em breve também com a equipe de produção, disse.

Riscos de radiação

Os produtos da Dr. Hoenle, projetados para matar o coronavírus, incluem ventiladores que desinfetam o ar ambiente sem expor as pessoas na sala à radiação perigosa. Outros dispositivos, como torres de lâmpadas, só podem ser usados em salas vazias, porque a radiação pode afetar a pele e os olhos. Funcionários que usam lâmpadas manuais de desinfecção devem usar equipamento de proteção.

©2020 Bloomberg L.P.

Economia